Arquivo da tag: amor

Além  do Horizonte – Prosa poética

Além  do Horizonte Prosa poética   Além do horizonte existe uma vida, uma vida de êxtase e de sonho. Além do horizonte existe um céu cheio de luz…onde eu quero amar você. Além do horizonte estão os nossos sonhos. todos … Continue lendo

Publicado em Crônicas e Poesias | Com a tag , , , | Comentários desativados em Além  do Horizonte – Prosa poética

A Curva do Caminho – poesia de Regina Célia

A Curva do Caminho – poesia de Regina Célia Amor, vês aquela curva do caminho? Aquela curva, onde o amor e o sonho de mãos enlaçadas fizeram seu ninho?   Vês? Ela se vai como um S de um SIM … Continue lendo

Publicado em Crônicas e Poesias | Com a tag , , , | Comentários desativados em A Curva do Caminho – poesia de Regina Célia

Loucuras de Amor – poesia de Regina Célia

LOUCURAS DE AMOR   prosa poética/modinhas   Ontem, fiz chegar até ti, o meu último grito de amor. Falei-te baixinho no ouvido… sussurrei o  meu desejo, gritei também a minha saudade! Fiz-me insana… fingi-me de louca, só para mais uma vez … Continue lendo

Publicado em Crônicas e Poesias | Com a tag , , , , , | Comentários desativados em Loucuras de Amor – poesia de Regina Célia

Lembrando Você! O amor que partiu para não voltar

Lembrando Você! O amor que partiu para não voltar Não. Lembrando apenas um sonho. prosa poética – texto Lembra amor, do nosso primeiro encontro? Fazia frio lá fora e você chegou com seu ar de maroto, sorriso nos lábios, ansiedade … Continue lendo

Publicado em Crônicas e Poesias | Com a tag , , , , , , | Comentários desativados em Lembrando Você! O amor que partiu para não voltar

A visita – poesia de Regina Célia

A visita – poesia de Regina Célia A Visita Esperei-te debruçada na janela da vida, olhando lá fora a noite negra e fria. Esperei-te em passos lentos, titubeantes perdida em meus sonhos alucinantes.   Esperei-te com toda a emoção contida … Continue lendo

Publicado em Crônicas e Poesias | Com a tag , , , , , , | Comentários desativados em A visita – poesia de Regina Célia